O começo da Santidade. Parte 1#

Este blog tem como objetivo a evangelização, ou seja, mostrar a você que não conhece a Palavra o modo de vida dos verdadeiros cristãos, como vivemos e como sentimos a presença do nosso Salvador. Neste post estamos terminando o nosso assunto de Abraão e breve veremos se faremos, segundo a vontade do Senhor, um Super Post de Abraão, mas Deus quer lhes falar sobre Santidade.

Vamos ao Post.

O que é santo? Resposta: Deus.

Como podemos ser santos? Resposta: não podemos, pois quando Adão pecou, que é se afastar de Deus, o coração, ou seja, o espírito do homem, morreu para Deus, deixando o que restou do nosso ser que é alma e o corpo no controle, o que é desastroso, veja porque aqui. Leia Romanos, capítulo 3 e versículo 9.

Por mais que alguém seja bom, generoso, honesto, gentil, prestativo, sociável, amoroso…todos nós temos pensamentos ruins, temos más intensões e muitas vezes somos egoístas. Você pode até dizer que tem gente muito pior do que você e deve haver mesmo, mas a questão aqui é que ninguém é justificável pois todos pecam e pecaram e por isso estão afastados de Deus (Romanos, capítulo 3 e versículo 20).

Outra pergunta: O que isso tem haver com santidade? Resposta: Tem haver porque é o que o Senhor Deus quer que sejamos (Levítico, capítulo 11 e versículo 44). Quando Deus nos criou, nos fez para termos comunhão com Ele; estarmos perto dEle que é a vida. Pra ficarmos perto dEle temos que ser semelhantes a Ele, ou seja, temos que ser santos, por isso Deus nos criou sua imagem e semelhança (Gênesis, capítulo 1 e versículo 26) nesta mesma criação Deus nos dotou da nossa própria vontade para escolhermos aonde queremos ir e o que seguir. Infelizmente Adão e Eva escolheram a loucura do nada. Chamo assim porque escolheram o contrário da vontade de amor do Criador, se rebelando assim contra Ele, se afastando, e fora Ele, se você pensar bem, não há nada e esse nada então é a morte. Por isso se diz na Palavra do Senhor que o salário do pecado é morte (Romanos capítulo 6 e versículo 23).

Chegando neste ponto, se perguntamos também se não há jeito se todos são condenados, então, a morte. A resposta é que não, porque aqui vemos a grandeza, misericórdia e amor do Pai, que amou de uma tal maneira quem não merecia ser amado de jeito nenhum, que se entregou a si mesmo para morrer, ou seja, pagar o salário do pecado com a sua morte, para que não tivéssemos nenhuma dívida, morrendo então em uma cruz (João, capítulo 3 e versículo 16).

Assim podemos ter livre acesso a Deus se tivermos fé que Jesus é o filho de Deus, que Ele morreu e ressuscitou para nos dar a garantia da vida eterna de comunhão com o Pai. Desse modo podemos ser santos através do sacrifício de Cristo (Marcos, capítulo 16 e versículo 16).

Veja a realidade desse presente de Salvação você mesmo, visite uma igreja evangélica cristã e sinta a diferença do poder do Espírito Santo de Jesus trabalhando dentro de cada verdadeiro irmão em Cristo. A santidade é a perfeita vontade de Deus para nós e tudo o que Deus faz é por amor (Ezequiel, capítulo 20 e versículo 14).

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s