O controle tem que ser do espírito pelo Espírito

Deixe Ele reinar na sua vida!

Para que você entenda o que vai ler, tem que primeiro entender sobre a alma e o espírito.

No começo de tudo, na criação de todos os seres vivos, o Senhor disse “haja”, mas na criação do ser humano, Deus disse “façamos”. “Haja”, tem o sentido de fazer algo de outra coisa que já existe. Por exemplo: os robôs. Quando o homem vai fazer um robô, ele o monta de peças já existentes. “Façamos”, vem do sentido de criar do nada; quando Deus fez o homem, fez o espírito dele dentro de Si mesmo, fez o corpo do ser humano do pó da terra mas soprou no nariz dele o fôlego de vida, que é o espírito gerado por Deus (Gênesis, capítulo 2 e versículo 7).

Quando o espírito foi colocado dentro do corpo, da união do corpo com o espírito, formou-se a alma vivente (ainda Gênesis, capítulo 2 e versículo 7).

O espírito é a comunhão com Deus, porque foi feito dEle. É a partir do Espírito que Deus nos mostra sua vontade, é o nosso contato com o Criador. A alma é a nossa personalidade, onde se encontra o amor, o ódio, a tristeza, alegria e etc., é a ponte do espírito para o corpo.

Quando Deus criou estas três partes, de um mesmo ser, confirmou também que Ele realmente nos criou a sua imagem e semelhança (Gênesis, capítulo 1 e versículo 27), porque Deus é três em um.

No começo a alma e o espírito viviam em comunhão, com o espírito no controle, segundo a vontade de Deus. Quando o espírito queria fazer algo para agradar a Deus, ele comunicava a alma, que transmitia no corpo a sua vontade. Mas, quando o inimigo das nossas almas (Satanás) caiu, e fez Eva e Adão comerem do fruto proibido que os fizeram morrer espiritualmente, distorcendo a Palavra do Senhor (“… não comerás…”) (Leia Romanos, capítulo 6 e versículo 23), a alma tomou o lugar do espírito, mostrando sua vontade.

Hoje em dia, Jesus mudou tudo isso no sacrifício da cruz. Se você o aceitar e se entregar para o Espírito Santo, Ele vai tomar o rumo da sua vida e restaurar ao que era para ser: Espírito Santo no controle do espírito que controla o ser.

Confie no Espírito de Deus, creia no Filho, reconheça os mandamentos de Deus e que tudo fora a isso leva a perdição. O pecado é o que não agrada ao Senhor, não fique contra o Criador. Venha para Cristo e nasça de novo, vindo do Espírito, como filho de Deus

Texto por Samuel Vaz

Leia João, capítulo 3 do versículo 1 ao 21 e visite uma igreja

Sou o teu Refúgio!

É seu refúgio e fortaleza se você quiser!

Salmos, capítulo 46 e versículo 1:

“Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia.”

Não importa a situação em que você estiver Deus promete sempre estar ao seu lado, se você aceitá-lo como seu Senhor e Rei. Ele sempre lhe protegerá.

O livro de Salmos é dividido em vários autores, mas o mais conhecido é o rei Davi. Como rei ele era muito perseguido por seus inimigos. Apesar de que a autoria do salmo 46, do qual estamos falando, não seja dele, e sim dos filhos de Coré, representa realmente o que Davi passava; e em seus salmos, Davi sempre demonstrava a sua confiança no Senhor:

Salmo 91, versículo 7:

“Mil cairão ao teu lado, e dez mil à tua direita, mas não chegará a ti.”

Salmo 91, versículo 14:

“Porquanto tão encarecidamente me amou, também eu o livrarei; pô-lo-ei em retiro alto, porque conheceu o meu nome.”

Davi foi conhecido como o “homem segundo o coração de Deus”. A sua esperança, os seus sonhos, sua vida, estavam nas mãos de Deus, e por isso ele prosperou tanto materialmente quanto espiritualmente.

Davi, no salmo 91, expõe o que deve fazer para que Deus venha ser o seu refúgio, a rocha firme que nunca se abalará.

Salmo 91, versículos 9 ao 12:

“Se fizeres do Senhor o teu refúgio, e do Altíssimo a tua habitação, nenhum mal te sucederá, nem praga alguma chegará a tua tenda, pois aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os seus caminhos, eles te sustentarão em suas mãos para que não tropeces em alguma pedra.”

Não devemos temer o dia de amanhã, se sua confiança está firmada em Deus, Ele fará com você o que fez com o servo Davi.

Ele é maior do que qualquer problema do qual você esteja passando. Quantas vezes Ele salvou o povo de Israel, porque eles fizeram do Senhor o seu refúgio.

Jesus ajudou a muitas pessoas, ressuscitou tantas, porque elas confiaram nEle, imagine o que Ele fará por você que acredita nEle sem nunca ter o visto.

Na Bíblia, a frase “Não temas” é repetida 365 vezes, uma para cada dia do ano.

Salmo 46, versículos 2 e 3:

“Pelo o que não temeremos, ainda que a terra se mude, e ainda que os montes se transportem para o meio dos mares; ainda que as águas rujam e se perturbem, ainda que os montes se abalem pela sua braveza.”

Salmo 46 e versículos 9 e 10:

“Ele faz cessar as guerras até o fim da terra; quebra o arco e corta a lança, queima os carros no fogo.

Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus; serei exaltado entre as nações, serei exaltado sobre a terra.”

No momento da aflição, corra para o único que é maior que todos os problemas, de todos os sentimentos, de todas as pessoas.

Ele conforta àqueles que pedem ajuda, então, faça assim: entre no seu quarto, sozinho, dobre os seus joelhos e conte a Deus os seus problemas, mesmo que sua fé seja pequenina, Ele te abençoará, porque te ama.

Salmo 46 e versículo 11:

“O SENHOR dos Exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio.”

Aceite os Desafios!!!

“Os japoneses sempre adoraram peixe fresco.
Porém, as águas perto do Japão não produzem muitos peixes há décadas.
Assim, para alimentar a sua população, os japoneses aumentaram o tamanho
dos navios pesqueiros e começaram a pescar mais longe do que nunca.
Quanto mais longe os pescadores iam, mais tempo levava para o peixe chegar.
Se a viagem de volta levasse mais do que alguns dias, o peixe já não era
mais fresco.
E os japoneses não gostaram do gosto destes peixes.
Para resolver este problema, as empresas de pesca instalaram congeladores
em seus barcos.
Eles pescavam e congelavam os peixes em alto-mar.
Os congeladores permitiram que os pesqueiros fossem mais longe e ficassem
em alto mar por muito mais tempo.
Os japoneses conseguiram notar a diferença entre peixe fresco e peixe
congelado e, é claro, eles não gostaram do peixe congelado.
Então, as empresas de pesca instalaram tanques de peixe nos navios
pesqueiros.
Eles podiam pescar e enfiar esses peixes nos tanques, como “sardinhas”.
Depois de certo tempo, pela falta de espaço, eles paravam de se debater e
não se moviam mais.
Eles chegavam vivos, porém cansados e abatidos.
Infelizmente, os japoneses ainda podiam notar a diferença do gosto.
Por não se mexerem por dias, os peixes perdiam o gosto de frescor.
Os consumidores japoneses preferiam o gosto de peixe fresco e não o gosto
de peixe apático.
Como os japoneses resolveram este problema?
Como eles conseguiram trazer ao Japão peixes com gosto de puro frescor?
Se você estivesse dando consultoria para a empresa de pesca, o que você
recomendaria?

Antes da resposta, leia o que vem abaixo:

Quando as pessoas atingem seus objetivos – tais como: quando encontram uma
namorada maravilhosa, quando começam com sucesso numa empresa nova, quando
pagam todas as suas dívidas, ou o que quer que seja, elas podem perder as
suas paixões.
Elas podem começar a pensar que não precisam mais trabalhar tanto, então,
relaxam.
Elas passam pelo mesmo problema do ganhadores de loteria, que gastam todo
seu dinheiro, o mesmo problema de herdeiros, que nunca crescem, e de
donas-de-casa, entediadas, que ficam dependentes de remédios de tarja
preta. Para esses problemas, inclusive no caso dos peixes dos japoneses, a
solução é bem simples. L. Ron Hubbard observou, no começo dos anos 50:

“O homem progride, estranhamente, somente perante a um ambiente desafiador”.

Quanto mais inteligente, persistente e competitivo você é, mais você gosta
de um bom problema.
Se seus desafios estão de um tamanho correto e você consegue, passo a
passo, conquistar esses desafios, você fica muito feliz.
Você pensa em seus desafios e se sente com mais energia.
Você fica excitado e com vontade de tentar novas soluções.
Você se diverte.

Você fica vivo!

Para conservar o gosto de peixe fresco, as empresas de pesca japonesas
ainda colocam os peixes dentro de tanques, nos seus barcos.
Mas, eles também adicionam um pequeno tubarão em cada tanque.
O tubarão come alguns peixes, mas a maioria dos peixes chega “muito vivo”.
E fresco no desembarque.
Tudo porque os peixes são desafiados, lá nos tanques.
Portanto, como norma de vida, ao invés de evitar desafios, pule dentro
deles.
Massacre-os.
Curta o jogo.
Se seus desafios são muito grandes e numerosos, não desista, se reorganize!
Busque mais determinação, mais conhecimento e mais ajuda.
Se você alcançou seus objetivos, coloque objetivos maiores.
Uma vez que suas necessidades pessoais ou familiares forem atingidas, vá ao
encontro dos objetivos do seu grupo, da sociedade e, até mesmo, da
humanidade.
Crie seu sucesso pessoal e não se acomode nele.
Você tem recursos, habilidades e destrezas para fazer a diferença.

“Ponha um tubarão no seu tanque e veja quão longe você realmente pode
chegar”.

Lembre-se que existe um Deus que é maior do que todos os desafios e que está ao seu lado para te ajudar a passar por qualquer problemas que possam vir na sua vida. Ele te ama e só precisa que você o aceite como único e suficiente Salvador.

 Deus os Abençõe!!!

Atencão! Notícia Urgente!

Vi esse vídeo no You Tube e fiquei impressionado com essa montagem feita por thaisonbr. Mostra-nos uma realidade que está muito perto de acontecer.

Seja firme, este vídeo não é para assustar, é mais sobre o que você não vai sofrer  se aceitar o Senhor Jesus como Salvador, assim como o livro de Apocalipse é sobre a Vitória de Jesus! Aleluia para sempre!