Israel – Povo Escolhido

O ESTADO DE ISRAEL

A partir do ano 70, quando a cidade de Jerusálem foi destruída pelos romanos,  os judeus, sem ter território próprio, passaram a sofrer perseguições de povos antíisraelitas. Na Idade Média, os israelitas foram queimados aos milhares em praças públicas pela Igreja Romana, sobre o domínio de Torquemada, juiz do tribunal da Inquisição. E, durante a II Guerra Mundial (1939-1945) mais de seis milhões de judeus foram brutalmente assassinados. Esse genocídio, ou a tentativa de destruição total de um povo, foi chamado de Holocausto.

Depois de ter sido espalhado entre as nações e sofrer terrivelmente por ter desobedecido a Deus, Israel estabeleceu-se como Estado no dia 14 de Maio de 1948. O mesmo Deus que espalhou Israel por entre as nações da Terra tinha feito a promessa de ajuntá-los em sua terra.

AS GUERRAS DE ISRAEL

Em 1956, sofrendo ameaças do Egito, Síria e Jordânia, Israel tomou a Faixa de Gaza e a Península do Sinai. Nesse mesmo ano, de comum acordo com a ONU, começou a desenvolver as terras conquistadas. Essa atitude lhe proporcionou algumas vantagens, comoa liberdade de navegar  no Golfo de Eliat e a permissão para importar petróleo do Golfo Pérsico.

Quando a paz parecia consolidada, irrompeu, em 1967, a famosa Guerra dos Seis Dias. O Egito novamente, deslocando um grande número de tropas para o deserto do Sinai, ordenou que as forças de manutenção de paz da ONU se retirassem da área. Mas, mesmo com a ajuda militar de Jordânia e Síria, os egípcios sofreram uma humilhante derrota. Invocando seu direito de defesa, Israel desencadeou um ataque preventivo, no sul, seguindo por um contra-ataque à Jordânia, no leste. Expulsou, ainda, as forças sírias entrincheiradas no Planalto de Golan, ao norte. Em apenas seis dias, os israelenses conquistarama Judéia, a Samaria, Gaza, a Península do Sinai e o Planalto de Golan.

Em 1973, depois de alguns anos de relativa calma, ocorreu a Guerra de Yom Kipur (“Dia da Expiação”). Egito e Síria atacaram Israel, essa vez de surpresa. O exército egípcio atravessaram o Canal de Suez, e as tropas sírias invadiram o Planalto de Golan. Em três semanas, Israel repeliu os ataques de forma milagrosa. Com apenas 180 tanques, enfrentou 1.400 tanques sírios! No Canal de Suez, havia 500 israelenses para enfrentar 80.000 egípcios! Mesmo assim, em dois dias, Israel mobilizou seus reservistas e conseguir fazer retroceder seus adversários, penetrando no território inimigo. Não fosse a intervenção da ONU, a derrota do Egito teria sido arrasadora.

Texto tirada da revista da Escola Bíblica Dominical, Juvenis, Aluno 12 e lição 08.

Viu, como Deus é bom com seu povo, assim, ele será também com você se for fiel a ele não adorar outros deuses e nem pecar. Você irá para a glória que Deus já fez nas mansões celestiais. Fique firme! Que deus te abençõe!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s