Sansão – Herói da Fé

O Enigma de Sansão

Muitos pensam que Sansão foi um dos personagens bíblicos que fracassaram em sua jornada, mas não é bem assim. Sansão desobedeceu, sim, mas tudo o que fez estava dentro do plano de Deus para a vingança contra os filisteus. Veja este verso de Hebreus capítulo 11 e versos 32 a 34, e 38:

“E que mais direi? Faltar-me-ia o tempo contando de Gideão, e de Baraque, e de Sansão, e de Jefté, e de Davi, e de Samuel e dos profetas,

Os quais pela fé venceram reinos, praticaram a justiça, alcançaram promessas, fecharam as bocas dos leões,

Apagaram a força do fogo, escaparam do fio da espada, da fraqueza tiraram forças, na batalha se esforçaram, puseram em fuga os exércitos dos estranhos.

“Dos quais o mundo não era digno, errantes pelos desertos, e montes, e pelas covas e cavernas da terra.”

Ele foi colocado no meio dos heróis da fé como Davi, Moisés e Abraão. Muitos pensam que um bom título para a sua história seria de “Sansão e Dalila”, mas isto é totalmente errado, o nosso foco não deve estar nesta parte da história e que na verdade nem foi uma tragédia como muitos pensam. Tudo o que aconteceu com Sansão estava no plano de Deus.

Seu nascimento foi sobrenatural, pois sua mãe era estéril. O Anjo do Senhor falou a Manoá, seu pai, dizendo: Porque eis que tu conceberás e terás um filho sobre cuja cabeça não passará navalha; porquanto o menino será nazireu de Deus desde o ventre; e ele começará a livrar a Israel da mão dos filisteus. (Juízes capítulo 13 e verso 05). Nazireu de Deus significa três sentenças para a vida de Sansão, ele não poderia cortar o cabelo, não poderia comer coisa imunda segundo a lei de Deus, e não poderia tomar bebida alcoólica que naquele tempo era o vinho. Destas três sentenças, Sansão descumpriu todas.

O primeiro erro de Sansão foi escolher uma mulher que não era de seu povo, uma filistéia. Houve uma grande festa de casamento como manda a tradição dos judeus, mas os filisteus não gostavam daquilo e procurava uma oportunidade para afrontar e humilhar Sansão, que já prevendo isso, lhes desafiou com um enigma. A origem deste enigma vem da sua ida ao casamento pelo deserto onde deu de encontro com um leão, contra o qual lutou e partiu em duas bandas. E na segunda vez que ia pelo deserto, viu que na carcaça do leão havia um enxame de abelhas e que havia produzido mel, que ele bebeu assim desrespeitando a sua obrigação de narizeu de não comer coisa imunda. Quando ele chegou ao casamento propôs o seguinte enigma aos filisteus: “Do comedor saiu comida e do forte saiu doçura”, e prometeu aos 30 filisteus da festas 30 vestimentas se resolvessem o enigma. Os filisteus começaram a pressionar a mulher de Sansão para que descobrisse o segredo do enigma coma condição de não matar a sua família, assim, ela temendo pelo bem de seus entes queridos conseguiu que Sansão lhe falasse o segredo. Ao final dos 07 dias de festa os filisteus responderam o enigma corretamente e Sansão sabendo que sua mulher havia falado, desceu o vale e só de raiva matou 30 homens e pegou suas vestes para pagar os filisteus.

Após alguns dias, Sansão voltou para a casa do pai de sua mulher, o qual não o deixou entrar porque a tinha dado a outro. Ainda com raiva, Sansão pôs fogo à colheita dos filisteus. Como retribuição os filisteus queimaram a fogo a mulher de Sansão e o pai dela. Assim, os filisteus formaram um exército e subiram contra a tribo de Judá a fim de matar Sansão. Os judeus levaram Sansão amarrado com duas cordas novas à frente dos filisteus que já vinham cantando e jubilando pela vitória. O Espírito de Deus se apossou dele e quebrou a corda como se fossem linhas e com uma mandíbula de jumento ainda fresca matou a mil homens.

Após algum tempo, Sansão foi a Gate, cidade dos filisteus, passando a noite lá, o exército veio atrás dele, quando chegaram à estalagem, Sansão já havia indo embora e levado consigo as enormes portas da cidade e colocado em cima do Monte Hebrom.

Depois, Sansão se envolveu com Dalila, uma concubina dos príncipes de Gate, os quais vendo uma grande oportunidade a sua frente, ofereceram a Dalila 13 quilos de prata de cada um dos príncipes se ela fizesse com que Sansão lhe declarasse qual o segredo a sua força. Ora, Sansão estava apaixonado por Dalila, assim, ela escondeu um pequeno batalhão na câmara interior de sua casa e convidou Sansão para passar a noite ali. Por três vezes tentou descobrir o segredo da força de Sansão, mas ele a enganou, pois não podia falar. Veja que se você fala um segredo a alguém que pode lhe dar alguma vulnerabilidade e esta pessoa o prova, a saber, se estás realmente fraco, o mais lógico seria você perder a confiança nessa pessoa, mas Sansão estava cego pelo amor. A traição de Dalila foi muito pior do que a da falecida mulher de Sansão, pois ela foi oprimida pela ameaça da morte de sua família, mas Dalila fez aquilo só pela ambição pelo dinheiro. Na quarta vez, Sansão lhe declarou o segredo de sua força, que consistia em corta o seu cabelo, assim, Dalila cortou os seus cabelos e quando os filisteus chegaram, ele não teve forças para resistir. Furaram os olhos de Sansão, e o fizeram de escravo a rodar um moinho, que era trabalho para bois e jegues.

Os príncipes dos filisteus fizeram uma grande festa em comemoração à prisão do grande assolador da nação filistéia. Sansão foi colocado entre os pilares que sustentavam o grande salão da festa. Muitas pessoas da cidade foram escarnecer de Sansão. Ele orou a Deus pedindo perdão pelos seus pecados e que renovasse novamente a sua força, pedido concedido, Sansão quebrou os dois pilares principais que sustentavam o salão, que desabou. A Bíblia fala que Sansão matou mais gente ali que em toda a sua trajetória de vida. Ele também morreu ali. Sansão julgou a Israel durante 20 anos.

Tudo isso serviu para que Deus se vingasse dos filisteus pelo mal feito aos israelitas. Deus sempre cumpre seu plano mesmo que o homem ache errado. Os pensamentos de Deus não os pensamentos do homem.

A Bíblia fala que a terra nem era digna que Sansão vivesse sobre ela. Ele foi um homem que serviu para os propósitos de Deus. Foi um instrumento da justiça de d’Ele. Sansão teve grande fé em Deus, pois ele foi usado grandemente. Aqui está a história de um grande herói da fé.

Deus os abençoe!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s